Clelia Pinto.png

Clelia Pinto

Clélia descobre a sua paixão pela arquitetura através dos quadrinhos, entre uma aula de Aterios Polyp e uma história de Manuele Fior. Os seus dias não poderiam existir sem ler um livro, os seus fins de semana sem assistir a um filme no cinema.

 

Promotora do feminismo e da inclusão, nos seus estudos, interessa-se pela arte, música, sociologia e planejamento urbano para uma multidisciplinaridade do conhecimento que visa a divulgação.

Redatora

Estudante de Arquitetura

Florença, Itália